Coragem para ser diferente – Referência: DANIEL 1:1-21

INTRODUÇÃO

1. Ser jovem nos dias de Daniel não era fácil;

2. Em 606 Nabucodonosor cercou Jerusalém e saqueou o templo e levou todos os seus tesouros para a Babilônia.

3. A Babilônia era o maior império do mundo.

4. Nesse contexto de apostasia, mundanismo, infidelidade a Deus, desobediência, guerra e ameaça de uma invasão internacional é que Daniel cresce.

Como ser um jovem fiel a Deus num tempo assim?

I. DANIEL, FIEL A DEUS A MESMO COM UM  PASSADO DE DOR

1. No meio de uma geração que se corrompia, Daniel possuía valores absolutos:
É um jovem que tem coragem de ser diferente.

2. No meio de tragédias, Daniel não deixa o seu coração se azedar:

a) Daniel perde a sua nacionalidade

b) Daniel perde a sua família

c) Daniel perde a sua liberdade
d) Daniel perde a sua religião

3. No meio de uma cultura sem Deus , Daniel não se corrompe;

Mas, mesmo na cidade das liberdades sem fronteiras, do pecado atraente e fácil, Daniel mantém-se íntegro, fiel e puro diante de Deus.

II. DANIEL, FIEL A DEUS APESAR DE UM PRESENTE DE OPORTUNIDADES E GRANDES RISCOS

1. Escolhido para estudar na Universidade da Babilônia
• O vestibular era composto de três exames:

1) Qualidades Sociais – linhagem real e dos nobres;

2) Qualidades Físicas e Morais – Jovens sem nenhum defeito e de boa aparência;

3) Qualidades Intelectuais – instruídos em toda sabedoria, doutos em ciência, versados no conhecimento e competentes para assistirem no palácio. Os aprovados deveriam andar pelos corredores do poder.

2. Promessa de emprego garantido e sucesso profissional
• O v. 5 nos informa que o curso da Universidade de Babilônia era de período intensivo e demorava apenas três anos e depois disso eles iriam assistir no Palácio.

O que adianta você ter sucesso, mas perder a sua fé? O que adianta você ser famoso, mas não ter uma vida limpa?

3. Estatus – poder   a) Comida de Graça   b) Acesso Livre

Seus nomes foram trocados. Isso significa, vamos esquecer o passado. Entre os hebreus o nome era resultado de uma experiência com Deus. Todos os quatro jovens judeus tinham nomes ligados a Deus.

HANANIAS-  gracioso > Distribuidor da Graça – Sandraque > o inspirado de AKU (lua), “Ordem de Aku” Deus Sumériano – Suméria região Egipcia. A 3.500 a.c. surgiu lá A escrita cuneiforme – Móises fez uso dela; Atribuiram este feito a AKU . . . Aku , como Deus pagão

MISAEL –  semelhante ao Todo Poderoso >  Imagem de Deus  – Mesaque, nome babilônico que significa quem é semelhante á AKU (lua),

AZARIAS – tem ajudado >  Abedenego nome babilônico que significa o servo de nego (fogo, servo do fogo) divindade babilonica, pois o fogo era adorado como um deus,

DANIEL – O TODO PODEROSO JUIZ – príncipe da tribo de Judá (Dan. 1:3-7) foi lhe dado o nome do deus maior da babilônia que era o deus do rei Nabucodonosor, Beltessazar que em babilônico quer dizer o Amado de Bel. O que proteje a vida do Rei.

BEL Originalmente era a divindade protetora da cidade de Babilônia, depois, promovido ao padroeiro de todo o Império Babilônico. Ele era considerado o senhor dos deuses e era representado por um dragão. Referências bíblicas: Is 46:1 / Dn 14:3 (versão grega) – Apocalipse 12.9  E foi precipitado o grande [dragão], a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele. Para os Sumerianos é o mesmo NINRODE ( DEUS SOL )

Seus nomes foram trocados e vinculados às divindades pagãs de Bel, Marduque, Vênus e Nego. Os caldeus queriam varrer o nome de Deus do coração de Daniel. A universidade da Babilônia queria tirar a convicção de Deus da mente de Daniel.

Queria plantar nele novas convicções, novas crenças, novos valores, por isso mudaram seus nomes.

a) Daniel foi corajoso em sua decisão – CORAGEM

b) Daniel foi sábio em sua decisão – SÁBIO

c) Daniel foi coerente durante todas as suas decisões

III. DANIEL, FIEL APESAR DE UM FUTURO DE GLÓRIA

1. Ele ganhou a confiança do chefe dos eunucos

2. Ele foi aprovado com grande honra

3. Ele passou a servir diante do rei

4. Ele foi maior do que a própria Babilônia

CONCLUSÃO

• Daniel foi um jovem fiel e incontaminado apesar da sua aparência, das suas oportunidades, dos seus dotes, dos seus riscos e da sua glória.
• Você é um jovem fiel a Deus na adversidade e na prosperidade?
• Você tem se guardado incontaminado do mundo? Você é influenciador? Você faz diferença no meio em que você vive? As pessoas são atraídas a conhecer a Deus através do seu testemunho?

OBS: Este estudo foi enviado pela minha amiga Maryana Cabral. Valew Mary! (Faça igual a Maryana e nos mande um arquivo para publicarmos aqui no blog.)

Anúncios