“Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis
livres” (João 8:36).

Um camundongo branco estava dentro do viveiro de uma
serpente. A serpente foi coberta com palha para que não
comesse o camundongo. Mas, a única solução correta seria
retirar o camundongo de dentro do viveiro”. “Não importa o
quanto trabalhemos arduamente para cobrir ou negar nossa
natureza pecaminosa. É trabalho de tolo. O pecado despertará
do sono e escapará da cobertura. Se não fosse a mão
salvadora do Mestre, o pecado nos comeria vivos.

O que temos feito para nos livrar do pecado que nos
atormenta e nos destrói? Temos tentado encobri-lo? Temos
procurado negá-lo? Temos tentado fazer de conta que ele não
existe ou não nos fará dano?

Enquanto estivermos vivendo dentro do “viveiro do pecado”,
estaremos correndo grande risco. Não teremos paz e nem
alegria, não teremos esperanças e nem sonhos realizados, não
teremos salvação e não veremos as mãos de deus estendidas
para nos abençoar.

É preciso que estejamos bem longe dele, guardados,
protegidos, livres. É preciso que peçamos ao Senhor que não
deixe que ele se aproxime novamente de nós. É necessário que
nossos pés caminhem por sendas puras e santas, para que o
pecado não mais nos encontre e nem nos domine.

Se nós guardamos o pecado em algum lugar de nossa vida,
crendo que somos capazes de resisti-lo, provavelmente ele
logo acordará e nos atacará novamente. Se cremos que podemos
conviver com ele sem que atrapalhe nossa comunhão com
Cristo, enganamo-nos seriamente e a qualquer momento nos
destruirá. Se cremos que somos fortes e que podemos andar
lado a lado com o pecado, o nosso futuro poderá ser amargo e
angustiante.

Como a nossa ilustração, a melhor solução para uma vitória
total e definitiva, é sermos retirados, pelo Senhor nosso
Deus, do viveiro do pecado… para sempre.

Paulo Roberto Barbosa. Um cego na Internet! Visite minha homepage:
Escuro Iluminado

 

Assine a Lista de Reflexões

Caso você deseje receber as reflexões diárias diretamente em sua mailbox, preencha o campo abaixo com seu email e clique o botão enviar.
Clique aqui para assinar

 

Contribua Voluntariamente para este Ministério

Se você pode e deseja ser um parceiro do Para Refletir!
Clique aqui

 

Conheça e Adquira nossos Livros

Se você deseja adquirir nossos livros:
Clique aqui

Entre em Contato Comigo:

Paulo Roberto Barbosa

Anúncios