Imposible is nothing. Este slogan foi usado por uma empresa de material esportivo multinacional e lembra, também, o texto de Lucas 1:37. A frase é verdadeira. Como estratégia de marketing ela é ótima e representa perfeitamente a ideologia pregada atualmente. Contudo, para os cristãos ela serve de base para relembrar um ensinamento simples que contribui para a não deturpação dos valores bíblicos.
Tudo é possível? Questiona-se: Uma empresa realiza o impossível? Qual é o processo de fabricação? O impossível pode ser comercializado? Quanto custa o impossível? Divide-se em quantas vezes no cartão?
Tudo é possível ao que crê numa empresa multinacional? Isso dói os ouvidos dos bereanos de hoje e magoa o coração daqueles que estão em Cristo. Sutilmente a ideologia consumista, que se vale duma perversa fala impregnada entre os cristãos (“isso não tem nada a ver”), corrói os valores e provoca cegueira espiritual. À medida que os ensinamentos bíblicos são esquecidos, o mal se alastra.
Não é possível realizar o impossível sem fé! Quando acontece o impossível ele recebe um nome específico: Milagre. A fé antecede o milagre. Este é concedido por Deus. E sem fé é impossível agradar a Deus. A letra dum corinho antigo já dizia: “… pois sem fé e sem amor, não pode agradar ao Senhor”. E outro mais: “milagres, milagres, milagres só Jesus pode fazer”. Ou seja: “o impossível, o impossível, o impossível só Jesus pode fazer”. É a tradução do espiritual aos olhos carnais. É a certeza de que o impossível é possível, mas por meio daquele que morreu e tornou a viver.

Fonte: http://www.conversadebrother.blogspot.com/ (Blog do Kzão)

Anúncios