Seu nome é Bill.
Ele tem o cabelo rebelde, veste uma camisa esburacada, jeans, e nenhum sapato. Este foi, literalmente, seu guarda-roupa durante todos os quatro anos da faculdade. Ele é um tipo de pessoa privada e muito, muito brilhante. Ele tornou-se um Cristão enquanto frequentava a faculdade. Do outro lado do campus tem uma igreja. Os membros daquela igreja são todos bem-vestidos e muito conservadores. Eles querem desenvolver um ministério para os estudantes mas não tem certeza de como é que vão fazer isso.
Um dia um estudante chamado Bill decidiu visitar aquela igreja. Ele vestindo seu jeans, sua camisa, seu cabelo rebelde, e completamente descalço começa a descer pelo corredor central da igreja procurando um assento disponível para sentar. A igreja está completamente lotada, portanto ele não consegue achar nenhum lugar livre. Os membros olham pra ele e se sentem incomodados com a sua presença, mas ninguém fala nada. Bill se aproxima cada vez mais do púlpito, e quando ele realmente o alcança ele percebe que não há nenhum lugar vazio, então ele simplesmente senta no chão.
Até agora, os membros da igreja estam realmente nervosos com as ações daquele jovem desarrumado e a tensão cobre o ar. Então, vem de trás da igreja, um diácono com seus cabelos cinza-prateados, de terno, e um relógio de bolso, um homem religioso, muito bonito, muito digno, muito elegante. Ele caminha com a ajuda de uma bengala, e de cabeça baixa ele desce até o altar em direção a Bill. Todo olhar está voltado pra ele e todos os membros estam sussurando uns para os outros, ele irá cuidar daquele jovem rude e você não pode culpá-lo pelo que ele vai fazer.
Como você pode esperar que um homem daquela idade e experiência possa entender e tolerar uma criança imprudente da faculdade sentada no chão de sua igreja durante o serviço? Demora um longo tempo para que o homem idoso consiga descer completamente o corredor onde Bill está sentado. Todos os olhos estavam focados nele. A igreja estava inteiramente em silêncio. O ministro não pode sequer começar a pregação até que o diácono fizesse o que ele tinha que fazer. Quando ele chegou à frente da igreja, onde Bill estava sentado, a congregação o observava atentamente e ficou completamente chocada quando ele, com grande dificuldade, por causa de sua idade, se abaixou e sentou no chão próximo de Bill para que ele não ficasse ali sentado sozinho.
Quando o ministro recuperou o controle sobre si mesmo, ele falou para a congregação, “O que irei pregar a vocês, vocês provavelmente não lembrarão depois. Mas o que vocês acabaram de ver, vocês nunca mais irão esquecer“.
Anúncios