Os três últimos desejos de ALEXANDRE, O GRANDE:
1. Que seu caixão fosse transportado pelas mãos dos médicos da época;
2. Que fosse espalhado no caminho até seu túmulo os seus tesouros conquistado como prata, ouro e pedras preciosas;
3. Que suas duas mãos fossem deixadas balançando no ar, fora do caixão, à vista de todos.

Um dos seus generais, admirado com esses desejos insólitos, perguntou a ALEXANDRE quais as razões desses pedidos e ele explicou:
1. Quero que os mais iminentes médicos carreguem meu caixão para mostrar que eles NÃO têm poder de cura perante a morte;
2. Quero que o chão seja coberto pelos meus tesouros para que as pessoas possam ver que os bens materiais aqui conquistados, aqui permanecem;
3. Quero que minhas mãos balancem ao vento para que as pessoas possam ver que de mãos vazias viemos e de mãos vazias partimos.

Saulo de Carlo Gomes
Líder de Jovens da Família JACC e a Juventude R400

Gostou do Post? Comente. Sua opinião é importante para nós, afinal, você é o nosso público alvo. Divulgue nosso Blog em suas redes sociais, indique e comente sobre ele com seus amigos. Mande seus artigos para nosso e-mail: saulodecarlo@hotmail.com que divulgaremos aqui com o maior prazer. Paz seja contigo!

Anúncios